Sexta-feira, 18 de Março de 2005

Primavera

Naquele mês de Março tinha eu seis anos, o inverno nunca mais acabava. Raro era o dia em que não chovia. Tinham-me ensinado que a Primavera começava astronomicamente a 21 de Março e eu vivia na espectativa desse dia. Afinal garantiram-me que na Primavera o sol começava a brilhar, os dias ficavam mais quentes, os passarinhos cantavam felizes da vida e os campos enchiam-se de flores! O grande dia aproximava-se e não havia sinais de melhoras. No dia 20 de março abate-se um terrivel temporal sobre o norte de Portugal, a chuva e ventos ciclónicos são constantes ao longo do dia. Já de noite e em casa digo: Mãe, amanhã começa a primavera e vai estar sol. É claro que a minha mãe esclareceu que as coisas não são bem assim. Confesso que tive um " choque", mas disfarcei bem ... E se o choque foi grande, a desilusão ainda foi maior, porque eu já me tinha preparado para ver o nascimento da primavera.
A horas decentes fui dormir, um pouco desgostoso, contudo dormi bem.
Na manhã de 21 de Março sou acordado cedo para cumprir o dever de ir para a escola. Bem lá no fundo da minha alma eu continuava a acreditar que este era o dia que regressaria a primavera. Logo que acordo estranho o facto de ouvir o som dos pássaros com maior intensidade que o normal. A primeira coisa que eu faço é sair da cama a correr, abrir as persianas e olhar pela janela. O que vejo a seguir fica para sempre na minha memória: Chove... mas o sol também brilha e aparece o arco íris! As árvores de fruto ao longe brilhavam, brilho provocado pelo reflexo da luz do sol na água que escorria pelos ramos e pela primeira vez esse ano reparei que as árvores tinham flores ( mais visível pela intensa luz solar). Reparei também que algumas andorinhas cruzavam o céu. Pela primeira vez em muitos dias o sol apareceu e logo nesse dia . Foi um dia mágico! Afinal eu não me tinha enganado e a Mãe natureza não me quis enganar e ofereceu-me este espectáculo e o resto do dia o sol foi rei. Um tempo em que os sonhos ainda se concretizavam como nas histórias de encantar... compartilhei este momento único com a minha mãe e reparei que ela também estava deslumbrada...

E este ano de 2005? Será que a boa surpresa é o regresso da tão esperada chuva para regar os secos prados? Pois bem meus amigos, a partir do dia 20 regressa a chuva.
publicado por Paulo do Porto às 00:44
link do post | comentar | favorito
|
17 comentários:
De Anónimo a 22 de Março de 2005 às 15:12
Mas quando é que voltas de vez a escrever no blog??? Vá lá...polittikus
(http://polittikus.blogspot.com)
(mailto:pp@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Março de 2005 às 14:56
;-)Menina_marota
(http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt/)
(mailto:Menina_marota@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Março de 2005 às 11:44
Entretanto tenho a ousadia de deixar esta mensagem: Os Micróbios tb se abatem... pela idade! :-)Carlos Tavares
(http://o-microbio.blogspot.com)
(mailto:carlos.roquegest@mail.telepac.pt)
De Anónimo a 22 de Março de 2005 às 09:50
Este texto que escreves-te é bastante bonito!!!
Vai ao meu blog em:
gemeasloucas.sapo.pt


jo e byjo e by
</a>
(mailto:joeby@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Março de 2005 às 09:27
Um lindo texto Paulo. Em cada ponto deste post sorri . É uma faceta tua desconhecida . Por detrás desse homem com ar implacável existe alguém com uma alma ainda de inocência. Já há alguns meses que desejamos a chuva , parece que foste ouvido mais uma vez. Podes-me chamar piegas mas gostei mesmo muito deste teu texto . Um beijo enormeMónica
(http://mco.blogs.sapo.pt)
(mailto:monicacarvalho1@sapo.pt)
De Anónimo a 21 de Março de 2005 às 03:39
Giro e interessante este blog!
Visite o meu espaço virtual com assuntos de interesse e sabedoria do mundo animal, a cabeça não pára de pensar em soluções ajustáveis às novas realidades vigentes no planeta...

Curvem-se sobre o melhor blog do universo cibernético!

Beijos e Abraços.Friedrich
(http://babushka.blogs.sapo.pt/)
(mailto:andymore@arquinorna.zzn.com)
De Anónimo a 20 de Março de 2005 às 23:14
Não há nada como passar pela vida tranquilamente a pastar ...

http://apologo.blogs.sapo.ptTeco
(http://apologo.blogs.sapo.pt)
(mailto:teco@netcabo.pt)
De Anónimo a 20 de Março de 2005 às 06:18
Olá Paulo. Espero que tenhas razão e que a chuva regresse depressa, pois o nosso país está a sofrer bastante com a seca quer queira a propria Natureza quer nós Seres Humanos.
Beijinhos grandes para tiMargarida
(http://www.sonhosv.blogs.sapo.pt)
(mailto:margarida-78-leal@sapo.pt)
De Anónimo a 19 de Março de 2005 às 20:49
Percebe-se que estás nervoso Paulo Mestre. Estás longe de ser mestre autor blog
</a>
(mailto:Paulossr@sapo.pt)
De DENIS a 15 de Abril de 2010 às 20:30
Verdade!!!
De Anónimo a 19 de Março de 2005 às 13:05
Cambada de hipócritas sempre ao lado dos poderosos deste mundo! Calai-vos! Jesus Cristo jamais vos acolheria no seu seio. Disto tenho a absoluta certeza!!!Paulo Mestre
</a>
(mailto:pxaauvlioer@yahoo.com)

Comentar post