Sábado, 5 de Março de 2005

O olhar

Eu lanço o olhar sobre ti e vejo o que mais ninguém vê
Porque o meu coração é feito da mesma massa que o teu
E as tuas pulsações estão ao meu ritmo

Eu vejo o que mais ninguém vê
Sei o que queres, desde sempre soube os teus desejos
Desejos de mulher com sonhos. Sonhos mortos...

O brilho do teu olhar apagou-se
Onde outros vêem felicidade, eu vejo amargura
A luz que alumia o teu rosto não é a minha luz

Eu conheço-te
O teu nome é ...
Os teus problemas são o desejo e a saudade

Eu estou onde sempre estive, em mim não há mudança
Vejo a tua alma
Tua alma de mulher sofredora que quer o amor



publicado por Paulo do Porto às 00:48
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Anónimo a 17 de Março de 2005 às 15:56
...retificando... a mensagem anterior era para Cezar. Ela caiu no OLHAR então... é só não olhar porque um poema é sagrado para um homem e o grande profeta Jesus Cristo é sagrado para muitos homens. De qualquer forma Paulo, vc me fez OLHAR um pouquinho para a Luz... Ele ainda está aqui... em nós!Mar
</a>
(mailto:ameanatureza@gmail.com)
De Anónimo a 17 de Março de 2005 às 15:46
... e completando... -Deixe-me pois ser que nem que Ele,oh Cezar! -Sentimentos puros, sem julgamentos e sem precisar perdoar pelo simples fato de não receber a ofensa. Amémm!Mar
</a>
(mailto:ameanatureza@gmail.com)
De Anónimo a 13 de Março de 2005 às 18:56
-De crítico e rebelde o homem vira poeta. A mulher sempre vence o homem e, entre estes dois seres tão distintos, se prevalecer a harmonia com certeza .... é amor!!!!!!Marlene
</a>
(mailto:ameanatureza@gmail.com)
De Anónimo a 10 de Março de 2005 às 14:37
O menino anda poético... Gostei de ler.polittikus
(http://polittikus.blogspot.com)
(mailto:pp@sapo.pt)
De Anónimo a 9 de Março de 2005 às 16:53
Felizes os que têm o poder de ler nos olhos, os pensamentos....Áh se eu pudesse tb ler assim !!!
Tudo de bom para ti e muito obrigada pela visita. Bjsdocerebelde
(http://docerebelde.blogs.sapo.pt)
(mailto:docerebelde@hotmail.pt)
De Anónimo a 9 de Março de 2005 às 02:03
Vim deixar-te um beijinho e agradecer-te mais estas palavras bonitas :) ***lina
(http://acordomar.blogs.sapo.pt)
(mailto:linahopes@msn.com)
De Anónimo a 8 de Março de 2005 às 20:03
Quando há parceria, há equilibrio e sintonia, tudo é maravilhoso. Belo post para o dia que hoje se celebra, pelos motivos que são, Obrigada, por nos enalteceres. BjViceversa1000
(http://Diario365.blogs.sapo.pt)
(mailto:Viceversa1000@sapo.pt)
De Anónimo a 8 de Março de 2005 às 18:31
O olhar... é o reflexo da alma...Gostei muito do teu poema. Jinhos ;-)Menina_marota
(http://eternamentemenina.blogs.sapo.pt)
(mailto:Menina_marota@sapo.pt)
De Anónimo a 8 de Março de 2005 às 09:17
Em primeiro lugar deixa-me dizer-te que ainda não conhecia esta tua veia poética. Achei lindíssimo , gosto muito de poemas , sabes disso.
Essa é a capacidade que tu tens , descobrir os outros na sua essencia. És diferente e isso faz com que vejas os outros de forma diferente . Só uma pessoa com um grande coração é capaz de olhar uma mulher da forma como tu olhas , como um ser igual , com desejos e ambições.E ser capaz de decifrar o que o olhar dela transmite. Paulo deixa-me dizer-te que gostei mesmo muito deste teu poema. Um beijo enorme Mónica
(http://mco.blogs.sapo.pt)
(mailto:monicacarvalho1@sapo.pt)
De Anónimo a 7 de Março de 2005 às 17:20
O essencial é sempre invisivel para os olhos..mas sempre visivel para os olhos da alma..se quizermos. Por há que seja capaz de "ler" os outros. Muito belo este teu Peoma. PS Só hoje consegui comentar o teu post sobre o HOMEM DA ESPERANÇA. Mas não podia deixar de escrever o que escrevi. Um Abraço.António
(http://momentosdevida.blogs.sapo.pt)
(mailto:AD_5158@sapo.pt)

Comentar post