Sábado, 26 de Fevereiro de 2005

O homem da esperança

 papa_02.jpg


João Paulo II é o peregrino por excelência. Aquele que faz «as vezes» de Cristo na Terra, aquele que dá testemunho e que não vacila perante Deus e os homens. Tal como Jesus Cristo, o actual papa é  também o « homem das dores » o homem que aceita todos os sacrifícios até ao fim - é ainda um modelo a seguir, a prova que em todas as idades se pode ser digno e útil, mesmo no maior sofrimento e incapacidade física, deveria ser por isso motivo de inspiração para todos os deficientes que sentem que já não vale a pena viver...


João Paulo II é um homem raro e o seu fim físico marcará o fim de uma Era na Igreja e no mundo. Nada depois dele será igual. Madre Teresa de Calcutá, a Irmã Lúcia e João Paulo II marcam o fim, mas também o início de uma nova vida... um tempo de Primavera, uma nova sociedade, um novo mundo que chegará sem duvida alguma depois do grande sofrimento que toda a humanidade está a passar. Toda a humanidade está em profunda tristeza, perante tanta desordem e devastação, mas esta geração será a semente fecunda que levará ao nascimento do Homem Novo, será como um novo renascimento, o "homo sapiens-sapiens" morrerá aos poucos, mas daqui surgirá uma nova humanidade. 


A geração actual é como uma mulher que está com dores de parto, mas depois que o filho é nascido a mulher esquece todo o seu sofrimento e só sente alegria por ter dado à luz um filho... 


No dia em que Jesus Cristo foi crucificado, ninguém suspeitava o que vinha a seguir. Pois bem, quando toda a Humanidade cair no desespero e disser para consigo : "Estamos perdidos, meu Deus salvai-nos!" , então sim a Humanidade ressuscitará...


... e então muitos se lembrarão de João Paulo II e madre Teresa e dirão: " Que pena não estarem entre nós..." muitos dos que agora estão vivos assistirão e serão testemunhas de tudo isto.


Neste momento trava-se uma guerra brutal entre o Bem e o Mal, entre a mentira e a verdade, uma guerra invisível e decisiva, como nunca houve e nunca mais haverá... e muitos julgam estar do lado do Bem, quando estão do outro lado. Mas milhões de pessoas em todo o mundo sem o saberem estão do lado certo e estão a fazer história. Este é o tempo da escolha, ninguém pode ficar a meio da ponte, porque a ponte vai ser quebrada e cada um por si terá que escolher o lado da margem que quer ficar.


E que ninguém se engane, quem for a favor do actual papa ( mesmo não sendo cristão) está do lado da Verdade... 


 

publicado por Paulo do Porto às 20:12
link do post | comentar | favorito
|
16 comentários:
De Anónimo a 9 de Abril de 2005 às 15:44
É mais forte que tu: a tua alma pidesca logo a imaginar o que teria eu feito para ter medo de ser espreitado. Com algum "frisson", presumo.palmestre
</a>
(mailto:palmestre@yahoo.com)
De Anónimo a 8 de Abril de 2005 às 11:04
Ao lado dessa suposta verdade, que faz os homens interesseiros, egoístas e HIPÓCRITAS não hei-de eu estar nunca. E não é graças ao teu deus, é graças à experiência de vida que eu e outros já temos. Já experimentaste tentar respeitar as opiniões alheias?caterina
(http://www.caterina.blogs.sapo.pt)
(mailto:caterina_c@sapo.pt)
De Anónimo a 3 de Abril de 2005 às 01:21
...tinha feito um comentário.. mas, pensei melhor e copiei o mesmo para o meu blog.. onde ninguém vai. Quem sou eu para tirar iluzões de vida. Quem viver.. verá! Sinto muito, mas o terceiro segredo se relaciona com a morte do Papa.. ou seja.. pós Papa, por isso que êle adiava a morte, como se a morte dele fosse o ´´inicio do fim da vida! Já decifrei o terceiro segredo... tentem vocês.....
Mar
(http://naturezaninja.weblogger.terra.com.br/index.htm)
(mailto:ameanatureza@gmail.com)
De Anónimo a 19 de Março de 2005 às 20:52
O que tens feito, para teres medo de seres espreitado... autor blog
</a>
(mailto:Paulossr@sapo.pt)
De Anónimo a 19 de Março de 2005 às 12:51
Morrem anualmente de subnutrição 11 (onze) milhões de crianças (Boaventura Sousa Santos). Porque a riquíssima igreja católica não aliena TODO o seu património, (isso sim, seria um acto cristão),para tentar qualquer coisa em vez de andar a espreitar nos nossos quartos?palmestre
</a>
(mailto:pxaauvlioer@yahoo.com)
De Anónimo a 7 de Março de 2005 às 17:17
João Apulo II é um amplificador e difusor da Palavra de Deus, numa dimensão tal que abarca toda a humanidade. Mesmo aqueles que não são crentes ou que professam outra religião monoteísta não ficam indiferentes perante o homem que João Paulo II é nem perante a imensa Fé que ele tem em Deus e nos homens. Estes são o caminho como ele escreveu numa das suas primeiras encíclicas. João Paulo II prosseguiu como ninguém (João XXIII não teve tempo de vida para tal) a obra que o legado de Jesus Cristo representa. Um homem único que soube levar a mensagem de amor e de paz a todo o planeta. Senhor de uma vontade inquebrantável, fazendo de toa a fraqueza força renovada, João Paulo II é um exemplo de abnegação e de coragem cujo exemplo perdurará muito para além da sua morte física. Tal como aconteceu com os profetas. João Paulo II, O obstinado de Deus, como lhe chamaram, é na realidade um profeta - UM PROFETA DE DEUS - no limiar da grande batalha de que "nascerá" o novo Céu, a nova Terra e um novo Homem, porque o Bem vencerá...Obrigado pela tua partilha, Paulo.

António
</a>
(mailto:ad_5158@sapo.pt)
De Anónimo a 1 de Março de 2005 às 13:58
Este Papa até a hora da morte é infeliz...polittikus
(http://polittikus.blogspot.com)
(mailto:pp@sapo.pt)
De Anónimo a 1 de Março de 2005 às 11:38
Este Papa é um verdadeiro "Chefe"... É um servidor cuja forma de serviço é assumir a sua parte de responsabilidade e ajudar os outros a assumir a sua.Carlos Tavares
(http://o-microbio.blogspot.com)
(mailto:carlos.roquegest@mail.telepac.pt)
De Anónimo a 1 de Março de 2005 às 10:02
Partilho de algumas das tuas ideias, não na totalidade...mas respeito-as. Obrigada pela visita ao meu blog.Bjsdocerebelde
(http://docerebelde.blogs.sapo.pt)
(mailto:docerebelde@hotmail.pt)
De Anónimo a 1 de Março de 2005 às 02:52
Gostei do que li, da tua filosofia de estar "nesta vida". Compreendo e aceito as tuas palavras que julgo certas, mesmo sem interessar a tua religião. Beiju grd;*lina
(http://acordomar.blogs.sapo.pt)
(mailto:linahopes@msn.com)

Comentar post