Quarta-feira, 31 de Maio de 2006

Espelho especial

Quem é que costuma vencer? Os mais fortes, seguramente! Quem são os mais fortes? Os mais fortes são aqueles que têm o poder de decidir por eles e por nós. Para os humanos, o momento de maior fraqueza e perigo é o momento da morte e o momento de nascer, porque quando se nasce nunca se tem o poder de decidir por si... o poder de decidir: Eu não quero morrer !

publicado por Paulo do Porto às 21:53
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Domingo, 28 de Maio de 2006

Tenhamos Fé

Estamos num tempo em que as mais verdades elementares sobre o homem estão postas em causa. Os povos e as nações não devem ficar admiradas pelos acontecimentos no Estado de São Paulo no Brasil, ou em Timor Leste etc. , etc. , etc. . Tudo normal. Afinal de contas sempre foi assim ao longo da história humana. Contudo vivemos actualmente um tempo diferente, nunca parecido no passado. O desenvolvimento tecnológico permite-me falar ou trocar ideias ao vivo com desconhecidos na Austrália; é a chamada Aldeia Global. Temos um segundo factor que é a massificação do conhecimento e da cultura. Aos poucos como eu anteriormente denunciei perderemos as nossas convicções e seguiremos o pastor universal, que nos é imposto pelos poderosos. A imposição do futebol, a imposição da literatura light como verdades quase históricas; o consumismo e os mais diversas ídolos da modernidade. Mas há mais...

 

Muitos dizem que o mundo está em perigo, por causa dos perigos do nuclear e do choque de civilizações. Pois eu detecto um perigo muito maior, que é a Mãe de todos os perigos: A humanidade está a perder a Fé. Um homem pode ter muitos defeitos: Não saber ler ou escrever, ou até ser um ladrão ou coisa pior, mas se não perder a Fé, no dia em que se perder no deserto, não desistirá de encontrar o caminho da sobrevivência. A perda da Fé leva ao suicídio; a perda da Fé faz entrar no medo e no desespero;  a perda da Fé leva á desconfiança de tudo e de todos; leva à perda dos mais elementares valores. No fim leva ao caos! Ter Fé não é o mesmo que ter esperança. Ter Fé é acreditar e é também não duvidar. Se eu duvidar que existo, rapidamente acharei uma solução lógica para deixar de duvidar que eu existo, porque senão entraria num estado psicológico de ruptura. Isto aconteceria com todos. Aprendam com Descartes!

 

A perda da Fé leva à perda do amor. Se alguém desconfiar que ninguém o ama neste mundo, absolutamente ninguém, nem a família, ou fora dela, nem nesta Terra ou fora dela, então a perda dessa fé, leva à perda do amor e torna-se uma espécie de morto-vivo. No auge do seu desespero tentará levar consigo outras pessoas em seu redor. No seu consciente ou subconsciente dirá: - "se estou morto, levarei o maior número comigo". Temos a raíz do mal!

 

A humanidade está a deixar de acreditar. É um processo que vinha lento deste o séc. XIX, mas está a acelarar o sprint. Estamos a ser ensinados a duvidar de tudo. Temos de questionar tudo. Isso é bom se for feito com método, como fez Descartes. Todavia não é isso que nos ensinam. Somos ensinados pelos mortos-vivos a ter vergonha em acreditar, em ter Fé. Tudo é matematicamente demonstrado e até um cego deve render-se a certas demonstrações... contudo, é a Fé que faz caminhar na escuridão. E como a matemática é o dono dos nossos destinos - o que nos guia, não é necessário ter Fé. A Fé é anti-progresso, dizem. Tudo isto levou a uma parte da humanidade perder a Fé e, perdendo a Fé, quais mortos-vivos, fazem tudo para levar o resto dos homens a morrerem no meio dos números, a morrerem no meio do vazio dos números. Uma tremenda solidão - solidão, que é um dos filhos da falta de Fé.

 

Resultado: No sec. XX e XXI, aumenta o número de guerras, aumenta o número de homicídios; os suicídios atingem o auge ( o Alentejo é a região da Europa com mais suicídios); e a ciência e os seus números matemáticos calam-se como cobardes. E, esses mesmos mortos-vivos no fim da desgraça, quais lobos na pele de cordeiros, lá dizem : " Então vá lá, não perca a fé" .

 

... Mas os homens não foram feitos para acreditar em "o nada" e, por isso a sua alma tem de ser preenchida com alguma coisa.  Mas os mortos-vivos já tinham pensado em tudo. A Fé é substituída pela falsa fé, que são os ídolos. Temos os ídolos dinheiro, vitória, concorrência, falsos evangelhos, falsos cristos, Eusébios, Águias, Dragões, New Age, Códigos... chocolates. Sim, chocolates que nos dão no meio do infortúnio, para nos esquecermos que o outro Caminho está mesmo ao lado... dentro de nós... a verdade sobre nós.   

Alguém questionou há muitos e muitos séculos: - Quando Eu regressar ainda encontrarei Fé sobre a Terra? 

  

 

 

publicado por Paulo do Porto às 19:02
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Quarta-feira, 24 de Maio de 2006

2º parte - provas que Jesus era solteiro

continuando do post anterior

.... no post anterior eu provo o absurdo que é os fanáticos do código confundirem o verbo AMAR com sexo. Convém contudo responder à pergunta: Se não há provas que Jesus era casado, onde estão as provas que Jesus era solteiro?

 

Na bíblia personagens importantes que foram casadas são apresentadas como... casadas. Temos o caso de Moisés que foi casado mais que uma vez e diversos discípulos de Cristo eram casados como o S. Pedro. Aliás quase todos os apóstolos eram casados; contudo segundos os evangelhos eles abandonaram as suas esposas e famílias para seguirem...Jesus. Assim, segundo os fanáticos do código a conclusão é lógica: Os discípulos não podiam ter mulher por causa de Cristo, mas esse Cristo dava-se ao luxo de ter a Madalena com ele ( no sentido sexual). Segundo os fanáticos do código, na Última Ceia  Jesus está acompanhado pela sua esposa, mas os outros apóstolos estavam proibidos de ter as suas esposas acompanhadas. Isto tem lógica? Claro que não! É um perfeito absurdo!

 

Não é costume da bíblia os solteiros serem apresentados com solteiros. No caso de Cristo Ele é apresentado como o filho de José, ou o filho do carpinteiro. Contudo, como disse atrás, os casados, pelo costume bíblico, são apresentados como casados e com Cristo isso não acontece. 

 

Muitos ( os fanáticos do código) dizem : Não está nos Evangelhos que Cristo era casado, porque os evangelistas quiseram esconder isso, porque era mau para a Igreja. Mas era mau porquê? Se na história bíblica era natural e às vezes desejável os grandes profetas serem casados, como de facto eram, então, esconder para quê? Até Pedro ( visto como o primeiro Papa) tinha sido casado!

 

S. Paulo ( que conviveu com os apóstolos) ,converteu-se ao cristianismo e a Cristo e disse que Cristo era um Modelo para si, e disse, nas suas famosas cartas, que optou por não casar e ensinou que o ideal seria não casar, mas que obviamente, quem casar também não faz mal. Contudo para os sacerdotes seria melhor não casar. S. Paulo diz também que Cristo é o maior de todos os sacedortes - Eterno Sacerdote.

postarei nos próximos dias

 

 

publicado por Paulo do Porto às 23:36
link do post | comentar | ver comentários (10) | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Maio de 2006

O verbo Amar e a Madalena

O que será que Cristo queria dizer com " Amai-vos uns aos outros como eu vos amei" : Será que estava a sugerir sexo?

 

O que significa o beijo de Judas?

 

Como explicar a frase relativa a João: " O discípulo que Jesus amava".?

 

O que pensar da pergunta de Jesus depois da ressurreição: "Pedro, tu amas-me?" E a resposta: "Sim, Tu sabes que te amo".

 

O que dizer da frase: " amai os vossos inimigos"? Será que quer dizer, segundo os fanáticos pelo código,: "fazei sexo com os vossos inimigos" ?

 

Por quê, que nos evangelhos, nunca aparece o verbo GOSTAR, mas sim AMAR?

 

E se alguém disser que Jesus amava Maria Madalena?

É triste ver os fanáticos do código falarem do que desconhecem, mas têm o que merecem - a eterna ignorância! E, pelos vistos, nunca compreenderão o verdadeiro alcance do verbo AMAR; o verdadeiro alcance das palavras e dos sentimentos do Filho de Deus.

Tem continuação nos próximos dias

 

 

 

publicado por Paulo do Porto às 17:02
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.pouco de mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Obviamente Nao

. ...

. Meguido

. Um mês diferente

. Mulheres Feministas

. Oásis

. deserto

. Espelho especial

. Tenhamos Fé

. 2º parte - provas que Jes...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Maio 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.favoritos

. O animal humano

blogs SAPO

.subscrever feeds