Terça-feira, 16 de Agosto de 2005

Um País recordista

                                        bombeiros.jpg


É escandaloso que segundo dados fornecidos pela União Europeia e por relatórios independentes saibamos o que já era óbvio: Há mais incêndios florestais em Portugal que todos os outros países da europa do sul juntos.


Porquê?


Falta de educação: É vê-los( os portuguesitos) todos os dias lançar para as bermas das estradas  pontas de cigarros e outros objectos como papéis que ardem facilmente.


Porquê?


Falta de cultura: É vê-los ( os lusitanitos) fazerem queimadas em pleno verão, ou lancarem foguetes no pino do estio em honra de um qualquer santo lá da terra; e as sardinhadas também são uma forma de cultura...em que as brasas do churrasco uma semana depois do piquenique, quando já toda a gente se esqueceu, provoca incêncio porque o dia aqueceu muito...


Porquê?


Corrupção: É vê-los ( os poderosos) terem uma grande afeição por certo tipo de árvores como o eucalipto ( ai que árvore tão linda! ) ou pinheiros bravos ( ai que linda resina tão amiga do fogo!) .... a mim parece que há pessoas que têm um gene de eucalipto que vem dos antepassados. A minha teoria também se aplica aos extra-terrestres, porque são verdes. 


Porquê?


Falta de visão: É vê-los ( todos) não apostarem em florestas e flora com origem no local. É sabido que o Alentejo tem grandes florestas de sobreiros, azinheiras e pinheiros mansos e raramente há fogo. Meus caros: Os pinheiros bravos e os cangurus eucaliptos FORAM IMPORTADOS.


Porquê?


Doença: É vê-los ( os jornalistas) tratarem este assunto como se fosse um talk show ( a minha reportagem mostra o fogo mais pertinho) ... - Ora bolas, desta vez a SIC está a ganhar à TVI -  e os incendiários dizem: " graças a mim as televisões estão a mostrar um grande espectáculo" ... e que tal repetir!


Porquê? Porque sim!

publicado por Paulo do Porto às 19:42
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 7 de Setembro de 2005 às 14:41
pois é, esta história dos incêndios até me parte o coração. Ainda por cima, porque ao passear pelo que não ardeu este ano, mas ardeu no ano passado, o que se vê são eucaliptos, fresquinhos, acabadinhos de plantar. beijinhossonia
(http://horasnegras.blogspot.com)
(mailto:soniadealmeida@sapo.pt)
De Anónimo a 24 de Agosto de 2005 às 11:07
---enquanto vc fica ausente... os portugueses continuam queimando Portugal.. com chepas de cigarro, fogos de artifício... imagine.. o fogo virou festa.. queimando essa terra abençoada por Deus até com fogos de artifício....... onde está o bom senso do povão? Agosto na minha terra normalmente o horizonte era fechado devido a queima de pastos, parece que esse ano(apesar da seca) não está ocorrendo isso. Quero acreditar que o brasileiro esteja se conscientizando.. quero acreditar que todo a humanidade um dia se conscientize.. e por falar em seca... começou a chover nesse exato momento por aqui... beleza, desejo a mesma chuva ou outra que seja para Portugal.Mim
</a>
(mailto:ameanatureza@gmail.com)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2005 às 22:46
SÃO TODOS OS PORQUÊS DO ZÉ-POVO..

VISITA WWW.LATF.BLOGS.SAPO.PTFERREIRA
</a>
(mailto:LUIS.FERREIRA.15@NETVISAO.PT)
De Anónimo a 20 de Agosto de 2005 às 22:39
Porque vc demorou tanto a voltar? -Não precisa me perguntar porque parei de protestar em meus tantos blogs ambientalistas Paulo. Os incêndios tanto em Portugal como na Austrália e Brasil são divulgados muito na mídia sim, e digo que a maioria dos repórteres desenvolveram um sentimento ambientalista mui forte por isso protestam tanto. Aqui do hemisfério sul tenho acompanhado os incêndios em Portugal por jornais americanos e brasileiros. Se minhas lágrimas resolvessem seriam gotas a mais nas mangueiras dos ermanos espanhois que estão ajudando no combate a esse fogo que parece não acabar nunca. Paulo... me desculpa mas, estou colando os teus porquês e enviando para todos os meus contatos na caixa de outlook. Vc está certíssimo em tudo que disse. Portugal tem um território pequeno comparado com o Brasil e se for queimado e destruido na mesma proporção de tempo que ocorre aqui, vai sobrar pouca história para contar. Lembrando Paulo, que a mídia nunca menciona os animais mortos nessas queimadas. Ultimamente tenho pensado tanto na ignorância que predomina nesse planeta que..... não estou mais com vontade de ficar aqui, por isso parei de protestar para tentar sonhar... ainda! -Mas... pelo amor do mundo Paulo... proteste, please, não pare nunca... GRITE POR FAVOR.Mar
(http://quemsabeassimeuaprendo.zip.net)
(mailto:ameanatureza@gmail.com)
De Anónimo a 18 de Agosto de 2005 às 23:44
Carlos: Infelizmente para além das fogueiras temos o horror dos incêndios.Tens razão em dizer que é mais correcto comparar a ÁREA ARDIDA.Factos da área ardida até ao fim de julho: Portugal 40%; Resto da Europa do Sul 60%. Refira-se que a Espanha ( onde há Seca ) representa 39% da área ardida do sul da Europa ( menos que Portugal)apesar de ter um território e floresta QUATRO vezes superior a Portugal, ou seja em bom rigor em Portugal a área ardida por cada mil hectares de floresta é mais de QUATRO vezes superior dos mesmos mil hectares de floresta Espanhola!!! Porquê? Porque sim! Paulo (autor blog)
(http://novavida.blogs.sapo.pt)
(mailto:paulossr@sapo.pt)
De Anónimo a 18 de Agosto de 2005 às 15:04
Atenção que a denominação "incêndio" é diferente de país para país... em Portugal são contabilizados todos os tipos de incêndio, basta que para isso tenha sido efectuada uma chamada aos bombeiros e mesmo que não tenha sido necessária a sua intervenção. Na vizinha Espanha por exemplo só são contabilizados os que têm uma certa dimensão, etc... é preciso rigor na altura de atribuir records. Neste caso e para quem gosta de comparações recordistas, o ideal é comparar áreas ardidas, em vez de contabilizar número de fogueiras...Carlos Tavares
(http://o-microbio.blogspot.com)
(mailto:carlos.roquegest@mail.telepac.pt)
De Anónimo a 16 de Agosto de 2005 às 21:54
ola
eu acho que a mioria dos incêndios ten origem criminosa.O dinheiro é o motivo .
curiosamadalena
</a>
(mailto:lenaribeiro@portugalmail.pt)

Comentar post