Sábado, 28 de Maio de 2005

Os Sócrates; os JNs e os brinquedos

                                 durao_barroso_epa.jpg socrates_lusa.jpg


Um aumentou o IVA de 17% para 19% porque as previsões do governo chefiado por António Guterres era um deficit de 1,1% para 2002 e acabou por ser de 4,1% .


O outro resolve aumentar o imposto agora para 21% porque as previsões eram de um deficit de 4,2% para este ano e não 6,8%.


José Socrates já disse que se o deficit fosse de 5% NÃO aumentaria os impostos. Sendo assim quero ver se irá baixar o IVA quando o deficit baixar para os 5% e quando baixar para os 3% veremos se o IVA também vai para os 17% como antigamente....


O problema é que a comunicação social ( como se tem visto por exemplo com o JN) está a fazer uma lavagem cerebral ao povo, e o povo como é "esperto" deixa lavar não só a cabeça , mas todo o corpo...


É doloroso ver o vergonhoso JN ( Jornal de Notícias) - um jornal com sede no Porto e o mais vendido no País - tentar desesperadamente mostrar que Sócrates tem razão.


Brinquemos, Brinquemos...


É claro que para disfarçar o problema vêem dizer que os políticos deixam de receber subsídios vitalícios. Ai sim? e porque não poupam dinheiro baixando o número de deputados dos actuais 230 para 100. Porque não congelam os salários e todas as mordomias dos políticos por cinco anos?


Brinquemos, brinquemos...


Porquê os habitantes de Viana do Castelo para viajarem de auto-estrada até ao Porto não pagam portagem e os Bracarenses pagam...?


Brinquemos, brinquemos...


Porquê que todos os portugueses têm que suportar a subida da gasolina, para que os algarvios com os seus BMWs não paguem portagens?  


Brinquemos aos JNs brinquemos...  

publicado por Paulo do Porto às 12:50
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 23 de Junho de 2005 às 10:46
'José Socrates já disse que se o deficit fosse de 5% NÃO aumentaria os impostos. 'Muito bem. Promessa feita, promessa aceite.
Portanto, baixava de 5% para (-)de 3% sem mexer nos impostos. Baixava 2%, como ? Que medidas tomava?
Então, como é que aumentou o imposto e só pensa diminuir 1% ?!
Tirem-me deste filme.Armando
</a>
(mailto:armando.p.santos@sapo.pt)
De Anónimo a 29 de Maio de 2005 às 11:06
O defícit de 2004 não é de 6,8%. Esse é o defícit previsto para 2005 com o governo Sócrates a funcionar. Ainde ninguém apurou o defícit de 2004, esse sim da responsabilidade de Durão/Santana Lopes. É preciso repor a verdade. Quanto às medidas, claro que nem parecem de um governo socialista. Aumentar o IVA atinge todas as classes sociais por igual: os pobres são os mais afectados porque vêem o seu poder de compra reduzido. Para não falar do travão à competividade que significa aumentar os preços dos combustíveis, o que vai aumentar o custo da energia para a indústria, bem como o transporte de mercadorias. Mas eu não votei PS...Vitor Costa Lima
(http://cantoarmas.blogspot.com)
(mailto:)

Comentar post