Sexta-feira, 22 de Abril de 2005

Tendências e Princípios - relativismo moral

                                                          lumiere_79.gif


Como é que me podem condenar se eu matar alguém se os "Príncipes deste mundo" ensinam que tudo é relativo? Reparem que segundo a mentalidade de muitos o conceito de pecado é inaceitável. O pecado não existe. Na pior das hipóteses existe o erro e mesmo esse é relativo... Como não existe pecado, não pode haver lugar ao pedido de perdão, ou ao lugar de simplesmente... perdoar! Não havendo lugar ao perdão, não há necessidade de amar, ou de sentir a alegria de ser perdoado e por isso amado... e amar é relativo ( depende do ponto de vista)... Com este conceito "diabólico e anti-cristão" tudo é justificável - as guerras, as desordem, a pedofilia, o adultério ou o aborto aos... 4 meses, perdão às 16 semanas... peço desculpa por estar de acordo com a Zita Seabra...


Tudo é relativo. Mas fica a dúvida: Se tudo é relativo, ninguém pode ser condenado e não pode haver juízo sobre as pessoas, portanto ninguém tem direito a condenar e assim eu tenho todo o direito de maltratar o meu vizinho até porque ( no meu ponto de vista) ele pôe em causa a minha saúde porque olha para mim de uma forma estranha - legitima defesa - embora seja relativo... É por esta e por outras que o Espírito Santo resolveu dar um "murro na mesa" e escrever direito por linhas tortas e nomear ( contra tudo e contra todos) Bento XVI, porque esse ao menos é dos poucos ainda vivos e com influência que ainda acredita que existe sem relativismos: O Bem, o Mal, a Verdade, a Mentira...

publicado por Paulo do Porto às 00:02
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De Anónimo a 24 de Abril de 2005 às 17:41
Olha vinha aqui agradecer-te por visitares o meu blog. bem aproveito para deixar uma breve opinião lol eu sou a favor da despenalização do aborto e não a favor do aborto (porque sao coisas diferentes) porque acho que a mulher tem o direito de querer ou não ter um filho, e estou a falar de casos em que o metodo contraceptivo falhou, metodos esses não aprovados pela igreja e pelo "santo" papa... poupem-me! entre outras coisas que ele não aprova e que a igreja não aprova... e depois o que dirão das freiras que vão fazer abortos e dos padres pedofilos? enfim... um bom fim de semana*piolha_digital
(http://www.piolhadigital.blogs.sapo.pt)
(mailto:tanuska_santos@yahoo.com.br)
De Anónimo a 23 de Abril de 2005 às 23:36
Como sempre tu e o António são clarividentes . É incrível como eu aprendo tanto contigo e vejo sempre o outro lado de tudo. Não julgo sem conhecimento de causa e mesmo que o tenha permito-me não julgar. A minha fé permite-me acreditar no Papa Bento XVI e nunca julgá-lo pelos olhos alheios. E concordo quando dizes que não deveriam existir relativismos. As coisa são como são !O Bem, o Mal, a Verdade, a Mentira.A certeza diso é uma das minhas crenças. Um beijo grandeMónica
(http://mco.blogs.sapo.pt)
(mailto:monicacarvalho1@sapo.pt)
De Anónimo a 23 de Abril de 2005 às 18:22
Bah, muito massa este texto... parabéns....
Viu, tu poderias me ensinar como por esta rodinha em volta do ponteiro do mouse, que diz, "..faça os seus comentario.."?
GratoCleber
(http://www.cleberb.blogs.sapo.pt)
(mailto:piadolicio@gmail.com)
De Anónimo a 23 de Abril de 2005 às 18:04
Mais um texto escrito com clarividência, Paulo. Quando parece que toda a gente quer cruxificar Bento XVI deste uma pedrada no charco. A cruxificação foi necessária, há mais de 2005 anos, para que houvesse ressureição, um dos pilares mestres da minha/nossa fé. Juntamente com os 10 mandamentos basta para mim. Não vou julgar ninguém, como diz a nossa querida Mónica, SEM UM AMPLO CONHECIMENTO DE CAUSA, por isso estou com Bento XVI mesmo que venha a discordar de alguma coisa. Um abraço.António
(http://momentosdevida.blogs.sapo.pt)
(mailto:ad_5158@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Abril de 2005 às 14:22
Não sei não Paulo. Prefiro esperar para ver essa relatividade que afloras...Deixo votos de um excelente fim de semana e feriado. 1 beijinhoViceversa1000
(http://Diario365.blogs.sapo.pt)
(mailto:Viceversa1000@sapo.pt)
De Anónimo a 22 de Abril de 2005 às 13:15
"Acende alecrins
Na ponta dos meus dedos
E eu resvalo corpo afora
Desflorando os teus segredos. "

Beijinho grande
www.lbutterfly.blogs.sapo.pt
PS.: ... pedaço do meu "perdidamente" o que vem todas as manhãs

Sónia
</a>
(mailto:soniapires@iol.pt)
De Anónimo a 22 de Abril de 2005 às 12:58
Aliás, o Bento XVI já disse que o relativismo é sem dúvida o grande perigo que existe na sociedade de hoje.Carlos Tavares
(http://o-microbio.blogspot.com)
(mailto:carlos.roquegest@mail.telepac.pt)

Comentar post