Quarta-feira, 6 de Abril de 2005

Terceiro Segredo de Fátima

                                               screenshot_space_150x106.jpg


"Escrevo em acto de obediência a Vós Deus meu, que mo mandais por meio de sua Ex.cia Rev.ma o Senhor Bispo de Leiria e da Vossa e minha Santíssima Mãe.

Depois das duas partes que já expus, vimos ao lado esquerdo de Nossa Senhora um pouco mais alto um Anjo com uma espada de fogo na mão esquerda; ao centilar, despedia chamas que parecia que iam encendiar o mundo; mas apagavam-se com o contacto do brilho que da mão direita expedia Nossa Senhora ao seu encontro: O Anjo apontando com a mão direita para a terra, com voz forte disse:

"Penitência, Penitência, Penitência!" E vimos numa luz imensa que é Deus: "algo semelhante a como se vêem as pessoas num espelho quando lhe passam por diante " um Bispo vestido de Branco " tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre". Varios outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo da qual estava uma grande Cruz de troncos toscos como se fora de sobreiro com a casca; o Santo Padre, antes de chegar aí, atravessou uma grande cidade meia em ruínas, e meio trémulo com andar vacilante, acabrunhado de dor e pena, ia orando pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho; chegado ao cimo do monte, prostrado de joelhos aos pés da grande Cruz foi morto por um grupo de soldados que lhe dispararam varios tiros e setas, e assim mesmo foram morrendo uns atrás dos outros os Bispos, Sacerdotes, religiosos, religiosas e varias pessoas seculares, cavalheiros e senhoras de varias classes e posições. Sob os dois braços da Cruz estavam dois Anjos cada um com um regador de cristal na mão, n'eles recolhiam o sangue dos Mártires e com ele regavam as almas que se aproximavam de Deus.                 

Irmã Lúcia      Tuy-3-1-1944 .

 

O Terceiro segredo de Fátima  é uma visão simbólica que Deus quis mostrar ao mundo através das crianças sobre o futuro próximo da Igreja e da Humanidade: 


A MINHA INTERPRETAÇÃO 


As crianças começam por ver um Anjo ao lado de Nossa Senhora com uma espada de fogo - o Anjo prepara-se para castigar o mundo ( o fogo que saía da espada parecia que ía incendiar o mundo) - relata Lúcia. Vemos aqui os perigos das guerras nucleares, atentados ao meio-ambiente e outros perigos da modernidade... Todavia o sopro de Nossa Senhora evita que as chamas destruam o planeta: o mesmo é dizer se Deus não existisse o mundo já tinha acabado.... mas continuemos a decifrar o segredo:


Logo a seguir o Anjo com voz forte diz: " Penitência, Penitência, Penitência!" - o mesmo é dizer : O mundo está em perigo, por isso convertam-se sem demora e façam penitência, porque a maldade e podridão do mundo estão no auge!


Depois disto vem de imediato relatada a famosa visão  ( como se vêem as pessoas num espelho) na linguagem moderna "como numa tela de cinema" : Um bispo vestido de branco ( a irmã Lúcia garante que é o Papa) que sobe uma terrível montanha, caminha acabrunhado cheio de dor e pena, meio trémulo e com andar vacilante seguido por uma multidão  - o Papa e todos os que o seguem têm a missão angustiante de chegar ao cimo da montanha onde está uma Cruz...... isto é : A missão da Igreja...missão de sofrimento, onde aponta o caminho ... a Cruz ... Cristo.... as verdades dos evangelhos que o mundo moderno quer esconder...


.... a meio da caminhada o Papa tem de atravessar uma cidade meio em ruinas ... isto é: por onde o Papa passa só vê miséria e injustiças e em todos os continentes... e pelo caminho o  Papa "vai orando pelas almas dos cadáveres que encontra..."


.... O Papa ao chegar ao topo da montanha é morto e todos os outros também são mortos, incluindo homens e mulheres de várias classes sociais com tiros e setas, mas isto já no cimo do monte, isto é: Morrem, mas podem dizer: Missão cumprida... Não esquecer que o atentado que o Papa foi alvo com dois tiros de arma de guerra foi precisamente em 13 de maio de 1981, aniversário da 1ª aparição em Fátima...


"Morrem com tiros e setas", isto é:  Membros da Igreja e muitos outros inocentes espalhados pelo mundo são assassinados  de diversas formas e feitios ... e assassinados por um "verdadeiro exército" ... aqui temos os verdadeiros Mártires!   É preciso não esquecer que o Papa foi alvo de diversas tentativas de assassinato ao longo do pontificado e foi a partir de 13 de maio de 81 que João Paulo II começou a sofrer e a perder a saúde... portanto, parte das causas da morte do Papa neste ano de 2005 também  devem-se ao atentado gravíssimo que sofreu e que teve de fazer várias operações. 


Concluindo, o terceiro segredo de Fátima é uma visão simbólica das perseguições à Igreja e aos cristãos em geral e ainda a muitos outros inocentes não cristãos ( mas que respeitam Cristo) e nem o grande líder - o Papa - consegue escapar. - No Sec. XX dezenas de milhões de cristãos foram mortos pelas guerras ou perseguições políticas ou religiosas apenas por serem... cristãos


A última frase do Segredo termina falando do "Sangue dos Mártires" e é graças ao martírio dos inocentes que a Humanidade vai-se aproximando de Deus... e o Bem triunfará sobre o Mal. Ámen 


É assim que o autor do blog compreende o famoso Segredo! Leiam novamente e digam de vossa justiça! 

publicado por Paulo do Porto às 19:45
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Anónimo a 11 de Abril de 2005 às 00:37
P/ os Comunas(alguns/umas): Se a demagogia matasse nem sequer nasciam! Isto a proposito da intolerância...Paulo
(http://novavida.blogs.sapo.pt)
(mailto:Paulossr@sapo.pt)
De Anónimo a 10 de Abril de 2005 às 00:58
Gostei muito de ler... bem belo. Deixo beijinho*lina
(http://acordomar.blogs.sapo.pt)
(mailto:linahopes@msn.com)
De Anónimo a 9 de Abril de 2005 às 20:10
Podia leque [arte] a alma
Cruzar os braços e as pernas
Podia leque [arte] o sangue
Cruzar os dedos e as esfinges
Beijinho grande :)
Sónia
(http://www.lbutterfly.blogs.sapo.pt)
(mailto:soniapires@iol.pt)
De Anónimo a 8 de Abril de 2005 às 17:40
É obvio que o último comentário será apagado... autor blog
(http://novavida.blogs.sapo.pt)
(mailto:paulossr@sapo.pt)
De Anónimo a 8 de Abril de 2005 às 15:49
Meu filho, ovelha do meu rebanho, apóstolo da minha crença, agora que parti, tenho tempo para ler o teu blog. Há por aí muitos hereges, mas tu, meu filho, és um exemplo para os infiéis que proliferam por esses lugares terrenos. Aqui, tudo é mais belo, os campos verdejam e já posso fumar um cigarrito.
Por tudo isto reservei-te o lugar 32 na fila C. Peço-te desculpa por não ter conseguido na fila A, mas vai para lá o Rainier, que como deves perceber, fez parte da monarquia.
Espero abraçar-te em breve, assim como abraçaste a minha causa em vida.

P.S.: Que whisky preferes? Com ou sem gelo? Copo alto ou baixo? Com ou sem miúdas?
Papa João Paulo II
(http://www.vatican.va)
(mailto:papa@vatican.va)
De Anónimo a 8 de Abril de 2005 às 11:13
rs.... legal... este blog virou um BAGHAVAGITA ... o diálogo entre Krhrisna e Arjuna... a luta entre o EU e o EGO ... , Ó Príncipe devo eu então matar todos meus inimigos? -Sim, deveis o Arjuna para que não contestes nem mais blasfemem contra a divina creação. Para quem leu BAGHAVAGITA sabe que nossos inimigos são os nossos pecados.. aqueles que não vemos em nós mas procuramos nos outros.
Gostaria de saber se o autor desse blog, ri ou chora qd lê os elogios e críticas dos visitantes... - acho que simplesmente fica satisfeito porque vê que os filhos da Creação (nós).. buscamos na net algo para nos confrontar... cara a cara ... eu comigo...rs
Mar
(http://ameanatureza.sapo.pt/)
(mailto:ameanatureza@gmail.com)
De Anónimo a 8 de Abril de 2005 às 10:57
É pelos seus ministros que um deus se perde, ó minha gente que resolveis crimes com pedidos de desculpa.
Digam o que disserem, façam o que fizerem, até a ideia de deus é insignificante para o cosmos, e o seu desaparecimento do mundo de fantasia dos homens é inevitável.
Questão curiosa, entretanto: porque é que os valores da Igreja coincidem com os da direita? Que é feito da justiça e da equidade?alexandre dale
(http://www.poesiatoda.blogspot.com)
(mailto:alexandredale@hotmail.com)
De Anónimo a 8 de Abril de 2005 às 10:32
E com que direito falas tu, autor do blog, em tolerância se tão veementemente rejeitas quem tem um pensamento diferente do teu? Por mim não culpo deus pela morte de ninguém, pois que para mim ele não existe. Mas culpo o papa de, tendo tido tão elevado poder nas suas mãos, não o ter usado em defesa da paz e da harmonia que a igraja tanto proclama. O papa foi um homem, não foi santo nenhum (o que quer que isso queira dizer). Não vamos agora branquear-lhe a imagem. Foi falível, como cada um de nós; como tu, na tua intolerância; como eu também. Aqui não há lugar para ódios, apenas para lucidez. Respeito quem acredita em deus, em qualquer deus, porque não respeitaria? Mas isto é um processo recíproco, o respeito é recíproco, porque não consegues tu respeitar quem pensa de modo diferente do teu? O teu deus não to ensina? À semalhança do comentário deixado aqui anteriormente, também eu acredito nos homens e não numa entidade dita superior. Não em todos, não acredito nos homens quese mostram intolorantes face a diferentes credos, raças, escolhas. Tenta lá ouvir mais atentamente os outros, sem julgamentos prévios.caterina
(http://www.caterina.blogs.sapo.pt)
(mailto:caterina_c@sapo.pt)
De Anónimo a 8 de Abril de 2005 às 00:24
P/flor: Que eu saiba não ofendi ninguém...Se não gostas e odeias o Papa problema teu... Hipocrisia é dizer-se que se acredita nas pessoas, mas não se tem espirito tolerante... ou seja as pessoas são livres para irem - bem ou mal - ao funeral do Papa... o funeral do Papa é um acontecimento grandioso, porque há muitas pessoas que o vêm como um elemento da sua família ... milhões de pessoas.Hipocrisia é também acusar o Papa de ser o responsável pela fome... que eu saiba há milhares de enviados de seminaristas enviados para Àfrica para ajudar os mais desfavorecidos...
É o velho problema do ódio que vos desgraça... quando alguém morre a culpa é de Deus, mas quando alguém sobreviva... já é o médico... Hipocrisiasautor blog
(http://novavida.blogs.sapo.pt)
(mailto:paulossr@sapo.pt)
De Anónimo a 7 de Abril de 2005 às 23:03
Ok, já percebi o teu tipo de pensamento. Pena que não compreendas que se possa deixar de acreditar em Deus e que te agarres à relegião, aos milagres, ao papa, aos pastorinhos. Pena que os teus olhos estejam tão direccionados nesse sentido que aches que Deus permite a morte e o sofrimento de milhares de pessoas, que passem fome, como uma prova. Para provar o quê? Que se vai fazer um funeral como nunca visto gastando milhares de euros enquanto centenas de pessoas morrem à fome? A isto chama-se HIPOCRISIA. Eu tenho fé nos homens, não num Deus que não conheço. E a fé de cada um a si diz respeito. flor
(http://petalas.blogs.sapo.pt)
(mailto:fmdp@sapo.pt)

Comentar post

.pouco de mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Obviamente Nao

. ...

. Meguido

. Um mês diferente

. Mulheres Feministas

. Oásis

. deserto

. Espelho especial

. Tenhamos Fé

. 2º parte - provas que Jes...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Maio 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.favoritos

. O animal humano

blogs SAPO

.subscrever feeds