Domingo, 9 de Janeiro de 2005

Ensaio sobre o mundo

Na sequência do post anterior, gostaria de refectir convosco sobre a problemática da fome, da pobreza e miséria extrema no mundo.Será possível algum dia acabar com estes flagelos?Biliões de seres humanos sobrevivem com menos de um euro por dia.Bill Gates tem uma fortuna equivalente aos 10 milhões de portugueses e mais de metade da riqueza do mundo está concentrada nos Estados Unidos, União Europeia e Japão.Como se explica isto?

A principal razão para as desigualdades está nessa invensão que é o DINHEIRO. Isso mesmo, existem os muito ricos e os muito desgraçados porque existe dinheiro!Reparem que no mundo dos animais irracionais este problema não se pode colocar. Também se poderá argumentar que o problema da sociedade não é o dinheiro, mas o seu mau uso. Estou convencido que por mais esforços que se faça o dinheiro trará sempre consigo o estigma da corrupção, do poder e da violência.

O dinheiro gera o poder; o poder gera o orgulho, a arrogância e individualismo e acaba-se na violência e na miséria.

"TEMPO É DINHEIRO" tornou-se no lema que rege as nossas vidas - pequenos e grandes, ricos e pobres - os ricos odeiam os pobres e os pobres odeiam e invejam os ricos. É a luta de classes...O rico ou o poderoso não quer perder o que conquistou muitas vezes com suor e o pobre ou inculto exige ao menos uma parte do "bocado", mesmo que nunca tenha lutado por isso. E assim o ódio, as desigualdades, as divisões e as guerrilhas sempre a aumentar.

O marxismo leninismo dizia que todos tinham que ser iguais, mas hipocritamente esquecia-se de dizer que o povo era todo tratado para ser pobre, ou seja os homens do governo ou do Partido ( os ricos e poderosos) tratavam todo um País e os seus cidadãos como escravos ao seu serviço, ao serviço do aparelho do partido comunista; neste caso os pobres eram todo um povo.

A humanidade foi enganada. Somos todos escravos do dinheiro e, portanto, da corrupção.
O facto de eu ter mais ou menos dinheiro significa vergonhosamente ser mais ou menos feliz ou pelo menos é isso que nos querem fazer entender. E como toda a sociedade vive em função do DINHEIRO, somos aos poucos "ensinados" a não olhar a meios para atingir os fins...

(Voltarei a este assunto)




publicado por Paulo do Porto às 02:46
link | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

.pouco de mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Obviamente Nao

. ...

. Meguido

. Um mês diferente

. Mulheres Feministas

. Oásis

. deserto

. Espelho especial

. Tenhamos Fé

. 2º parte - provas que Jes...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Maio 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.favoritos

. O animal humano

blogs SAPO

.subscrever feeds