Quarta-feira, 9 de Novembro de 2005

Paris, je t`aime

                                             fogo.jpg


A desordem instalou-se nos arredores das grandes cidades Francesas, sobretudo Paris. Jovens e adolescentes queimam e destroem tudo à sua passagem. Quem são os responsáveis? Se eu fosse intelectual de esquerda diria que a culpa é das políticas económicas e sociais dos sucessivos governos. Mas eu não sou intelectual de esquerda. Peço desculpa, mas digo que ser intelectual de esquerda é ter um virus que se instalou na sociedade faz algum tempo e que pega-se - só quarentenas muito dolorosas impedem a contaminação dos restantes...


Mas porra, de quem é a culpa?  Resposta fácil: todos somos culpados!  Não quero ir por aí, por isso apresento outros argumentos.


1) O ser humano é por natureza racista e tende a pertencer a grupos organizados, a clãs - Exemplo disso é o clã político(  Che Guevara é um santo) , clã religioso ( no meu sangue ninguém toca) , ou clã desportivo ( Baía, cabrão não vais à selecção !). Contudo, os mais perigosos dos clãs são dois(2), o clã das cores e o clã cultural. Em França, mais do que nos outros países, dois exércitos já declararam guerra mútua e prometem aniquilação do adversário. De um lado da barricada temos os verdadeiros franceses, que são os «cara pálida republicanos e laicos» e do outro lado da trincheira temos os «todos os outros».Ora, o primeiro erro dos intelectuais de esquerda é esquecer que há uma guerra entre estes dois pólos, falam como a culpa fosse do sistema, do governo que excluiu os pobres e os imigrantes. Este argumento só é verdadeiro se for inserido como fatia de um bolo e não como o bolo no seu todo. Se o argumento da exclusão fosse verdadeiro, os dois milhões de pobres e excluídos em Portugal já tinham provocado uma guerra civil e/ou o Brasil já nem existiria como nação. A exclusão é apenas uma consequência da tal guerra que falei atrás, e em que as duas partes são culpadas. Ainda se o argumento da exclusão fosse válido os imigrantes originários de África ou Magreb jamais provocariam desordens brutais como incendiar escolas, porque nos seus países de origem, pertencer à classe média é menos vantajoso que pertencer à classe dos pobres e excluídos em França. Os dois lados têm os seus aliados. Os cara pálida republicanos e laicos têm o dinheiro e o poder, os todos os outros têm a sede de dinheiro e a sede de poder.

 2) Ética e valores. Em treze(13) dias de violência ainda não vi nenhum intelectual de esquerda referir-se a estas duas palavras. Foi na França, no século XVIII, que nasceu a guerra aos valores. Em nome da liberdade criámos a cultura da morte, em nome da igualdade destruímos a família, em nome da fraternidade adulterámos a justiça e a responsabilidade. O altruísmo, o respeito, a paz, a partilha, a dignidade e a profundidade interior são postos para segundo plano. Quando adolescentes de 12/13 anos estão nas ruas até às cinco da manhã e a família ( ou o que resta dela) está em casa, na cama, descansada e pouco preocupada, é a prova que a sociedade perdeu os valores. No seu lugar a competição e o individualismo são reis e senhores. Os novos lemas, para os dois lados da barricada, são a conquista, a vitória a qualquer preço, o vale tudo, não olhar a meios para atingir os fins... como se vê no desporto, no local de trabalho.

publicado por Paulo do Porto às 19:13
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

.pouco de mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Obviamente Nao

. ...

. Meguido

. Um mês diferente

. Mulheres Feministas

. Oásis

. deserto

. Espelho especial

. Tenhamos Fé

. 2º parte - provas que Jes...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Maio 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.favoritos

. O animal humano

blogs SAPO

.subscrever feeds