Domingo, 6 de Novembro de 2005

Faça-se luz

                            ovni02.jpg


Qual o sentido final do homem? O aparecimento do homem é um acaso, é algo imposto pelas leis gerais do universo? Faz sentido imaginar um "Deus" activo que rege o destino do universo e o destino do homem? Estas questões não são de resposta fácil e muito menos de resposta pronta. Uma coisa que sempre me impressionou desde muito pequeno, foi o Espaço. Quando tinha seis ou sete anos, passava horas ao início da noite a olhar o céu e as estrelas. Depois aprendi nos livros toda a perfeição do movimento dos astros. Descobri por exemplo que quando olhamos para uma estrela, apenas vemos uma imagem do passado, uma imagem possivelmente de há milhares de anos. Vemos uma ilusão, até pode ser que essa estrela já tenha morrido. Tudo há nossa volta é ilusão! De manhã dizemos: " O sol está a nascer", todavia o sol já nasceu há biliões de anos; a água não passa de uma mistura de oxigénio e hidrogénio e tudo está sujeito à caducidade, à morte...


Quero dizer que nunca acreditei no acaso, não acredito que apenas existimos porque num passado muito distante houve uma terrível explosão, ou big bang, reparem neste milagre: Segundo a ciência, antes de aparecer o universo, havia uma espécie de "átomo" infinitamente pequeno, tal como acontece com os protões e electrões que são invisíveis, mas que esse "átomo" era extremamente quente, denso e pesado, porque concentrava no fundo todo o nosso futuro universo. Esse átomo explodiu e nasceu o universo que se foi expandindo até hoje...um verdadeiro milagre que nem a igreja se lembraria de tal...


Todavia tem lógica, porque não é a própria vida um milagre? E não é um milagre das milhões de espécies da Terra, só uma ser inteligente. Mas voltemos atrás. Segundo os melhores astrónomos do mundo, foi a forma como explodiu o big bang que fez que o universo tomasse um determinado destino, ou seja há uma infinidade de formas diferentes de explodir, e se explodisse de uma forma diferente, provavelmente a lei da gravidade seria uma outra coisa, ou a vida tomaria formas diferentes, ou simplesmente não haveria vida, o próprio conceito de tempo e espaço seriam muito diferentes... poderia por exemplo não haver luz . Também aqui eu estou de acordo, veja-se o caso de milhões de espermatozóides e só um chega ao destino.


Concluo dizendo que a vida é um "milagre", e o homem um milagre infinito e  seguramente que o big bang não explodiu por acaso, e não estava lá por acaso, porque no nosso mundo também ninguém nasce por acaso e seguramente este post desta madrugada não é um acaso.Segundo a bíblia a primeira coisa que Deus disse foi: "Faça-se luz". Não foi a tal super-explosão uma explosão de luz... o início de tudo? E qual o destino do homem? Quem sabe num próximo post...! 


publicado por Paulo do Porto às 02:01
link do post | favorito
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

.pouco de mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Obviamente Nao

. ...

. Meguido

. Um mês diferente

. Mulheres Feministas

. Oásis

. deserto

. Espelho especial

. Tenhamos Fé

. 2º parte - provas que Jes...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Maio 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

.favoritos

. O animal humano

blogs SAPO

.subscrever feeds